terça-feira, 31 de maio de 2011

Como é o tratamento da acupuntura

Do ponto de vista da Medicina Tradicional Chinesa, saúde é um estado de equilíbrio dinâmico e flexível, auto-ajustado em relação às variações internas e externas, mantendo sempre uma harmonia de funções. Dentre os factores causadores de doenças podem ser enumeradas as tendências congénitas, as emoções, desequilíbrios alimentares, drogas inaladas, ingeridas ou absorvidas, exposição à radiações e campos magnéticos, agentes climáticos.
O diagnóstico é feito através da colheita da história detalhada não só da doença actual, mas visando a uma avaliação energética geral, um exame clínico dirigido pela medicina tradicional chinesa, que inclui a observação, palpação e exame dos pulsos chineses.
Feito o diagnóstico, são escolhidos os pontos a serem tratados e as agulhas são introduzidas, fixando-se o seu número e o tempo de permanência em função do equilíbrio do paciente, em média de quinze e vinte minutos.
A duração e a frequência do tratamento dependem também do paciente e do seu estado de equilíbrio: se um único tratamento ou dois, com um curto intervalo entre eles, pode bastar num quadro agudo, numa doença crónica pode necessitar de um período longo, mas com uma frequência menor. É sempre bom lembrar, nestes casos, que o custo termina sendo, em geral menor, pois se reduzem a quantidade de medicamentos, sem falar nos efeitos colaterais.
Naturalmente, para se obter o máximo de eficiência de qualquer tratamento, o paciente precisa cumprir o programa prescrito pelo médico, sem imaginar milagres.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL